Rua México, 11, sala 802 - Centro - Rio de Janeiro

Top
D'Gitais / Marketing Digital 360º  / Investir em Marketing Digital em tempos de crise, vale à pena?
Investir em Marketing Digital na crise

Investir em Marketing Digital em tempos de crise, vale à pena?

Em tempos de crise, é preciso apertar os cintos, cortar mais ainda os custos (já que custo é que nem unha, tem que estar sempre cortando) e aumentar a eficiência e produtiva do seu negócio. E para uma pequena empresa investir em Marketing Digital na crise parece exatamente navegar contra essa maré, certo? Errado!

O investimento em Marketing Digital, feito de forma correta, permitirá que a sua micro ou pequena empresa:

  • Tenha presença digital, não se “escondendo” dos seus potenciais clientes;
  • Mantenha seus atuais cliente, sem entregá-los de “bandeja” para os seus concorrentes;
  • E consiga ter fôlego para atravessar esse momento complicado, crescendo de maneira mais rápida e rentável.

Um corte de gastos mal estruturado ou um investimento mal alocado podem ruir o seu negócio.

Trago alguns bons motivos que te farão crer que investir em Marketing Digital na crise possa ser a melhor decisão a ser tomada:

 

Criação de Conteúdo Relevante

Investir em Marketing Digital na Crise com Inbound Marketing

Metodologia do Inbound Marketing

Uma boa forma de seu negócio crescer de uma maneira sustentável é trabalhando o Marketing Digital através do Inbound Marketing, onde o foco do trabalho é gerar conteúdo de qualidade e relevante, aumentando em muito a chance de conquistar novos clientes vindos de uma pesquisa no Google ou através do conteúdo compartilhado nas redes sociais.

Estudos mostram que websites com 51 a 100 páginas recebem 48% mais tráfego que websites com 1 a 50 páginas. Outro estudo mostra que empresas que “blogam” pelo menos duas vezes por mês geram 70% mais leads do que aquelas que não blogam.

No Inbound Marketing, um conteúdo bem feito e otimizado com as palavras-chave certas, pode levar uma microempresa a se tornar uma autoridade em um assunto. E o bacana de criar conteúdo é que ele se eterniza, daqui a anos pode ser encontrado e continuar sendo acessado, diferente de outras mídias que seu conteúdo só fica no ar enquanto durar a verba paga.

A metodologia que usamos para realizar o trabalho, ilustrada pelo gráfico acima, é desenvolvida através de quatro ações:

  1. Atrair o desconhecido e transformá-lo em visitante;
  2. Converter o visitante para se tornar um lead;
  3. Fazer que o lead feche um negócio e vire um cliente;
  4. E encantar o seu cliente para que ele seja o promotor (divulgador) do seu negócio.

 

Na Internet tudo é Mensurável

Investir em Marketing Digital na Crise e Analisar os Resultados

Toda ação que você faz nos canais virtuais são rastreáveis. Temos diversas ferramentas disponíveis no mercado (uma delas o Google Analytics), que nos possibilitam identificar:

  • De onde é que está vindo o tráfego do seu site. Se vem do Facebook, do Google ou através do disparo de um E-mail Marketing, por exemplo;
  • O público que está acessando as suas redes sociais. O seu sexo, faixa-etária, cidade e até o seu perfil de consumo;
  • E, até mesmo, identificar em qual página do seu website o usuário está abandonado a navegação.

Ter essa rastreabilidade possibilitará a sua constante evolução, pois a partir do momento que você pode medir suas ações, você pode melhorá-las.

 

Baixo custo com alto Retorno

O ROI de Investir em Marketing Digital na Crise

Como tudo na Internet é mensurável, torna-se possível conseguir bons resultados com baixo recurso.

O empreendedor consegue otimizar de forma consciente a sua verba de marketing selecionando as ações de divulgação de acordo com o retorno sobre o investimento. Qual o canal que está trazendo a melhor receita com o menor custo? É o seu investimento em anúncios no Linkedin ou no Google?

Para isso, contratar uma empresa que tenha uma visão 360º do Marketing Digital garantirá que sua verba seja alocada no canal que trará a melhor relação risco-retorno.

 

O seu Concorrente também está se mexendo

Investir em Marketing Digital na Crise e analisar seu concorrente

Muitas empresas já estão conscientes de que fazer um bom investimento em marketing digital é um excelente caminho para aumentar as suas vendas.

O seu concorrente ou ele está investindo em Marketing Digital ou está pensando em investir, e pior do que o seu potencial cliente não te encontrar na Internet é ele achar justamente o seu concorrente.

Conforme matéria publicada pela UOL Economia, cada vez mais empresas estão buscando aumentar sua presença digital. A expectativa de crescimento em publicidade digital prevista para 2017 é de 26%, totalizando R$ 14,8 bilhões.

Já fez seu dever de casa e analisou o que o seu concorrente está fazendo no universo digital? Existem ferramentas que te facilitam a mapear o mercado, como por exemplo a Sem Rush.

 

Sim! Vale à pena investir em Marketing Digital na crise

Com a retração da economia o seu cliente está cada vez mais criterioso na tomada de decisão, buscando as melhores condições possíveis para comprar um produto ou contratar um serviço. Além do preço, ele vai buscar conhecer um pouco mais sobre sua empresa, olhando as avaliações que ela recebeu no Facebook e pesquisando seu site no Google, para aí sim tomar a decisão baseado em quem vai garantir a entrega de um produto/serviço de melhor qualidade. Concorda?

E embora seja um grande desafio, mostrei a importância do empresário crescer através de investimentos eficazes, com baixo custo e que esses investimentos possam ser mensuráveis, possibilitando identificar de forma rápida onde aumentar ou reduzir a alocação da verba.

E você ainda ficou com alguma dúvida da importância de investir em Marketing Digital na crise? Deixe abaixo o seu comentário para batermos um papo!

Grande abraço.

Diretor Digital da D'Gitais

<p>Apaixonado pelo Universo Digital, Rodrigo Assis é Sócio-Diretor da D’Gitais. Palestrante, professor, com mais de 10 anos de experiência com Marketing Digital, trabalhou nos E-Commerces da Americanas.com, Casa&Video e do extinto Comprafacil.com. Também atuou em projetos digitais para as empresas Ambev, Ipiranga, Globo, Credicard, Embratel, dentre outras.</p>

Sem Comentários

Faça um Comentário!